sexta-feira, junho, 2016

Tendências de Webdesign para 2017

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post

A indústria do webdesign cresce e se desenvolve rápida e constantemente. Com um mercado cada vez mais competitivo, manter seu o design do seu site atualizado com novas e relevantes tendências é algo crucial para atrair mais tráfego para o seu projeto. Já estamos na metade do ano e neste texto, iremos olhar para as potenciais tendências do webdesign que despontam para 2017.

Micro e mini interações
Em 2015, o conceito de micro interações estava em alta. Este é um termo usado para interações que se baseiam em um simples clique. Redes sociais como Facebook e LinkedIn permitem dezenas de micro interações que se tornaram instintivas. A tendência para os próximos anos é a interação ainda mais intuitiva pelos apps, cada vez mais específica e simples.

micro-interactions-site

Feedback Haptic
Sem tradução literal para o português, Haptic é uma palavra grega que compreende as interações sensoriais, principalmente o toque, o touch. Um bom exemplo disso é o teclado virtual. Com o feedback hapnotico, os usuários tem uma nova maneira de interagir com apps, com padrões que levam a novas interações, desde a clicar em um botão até algo que estimule a permanência do user na página.

Design responsível – adequado por idade
A próxima tendência de responsividade do design é aquela que se adequa às necessidades do usuário. Hoje em dia, o design responsivo se adapta a partir da resolução da tela. No futuro, o webdesign será adaptado a partir da idade do usuário. Já podemos ver essa tendência em alguns anúncios publicitátios que customizam o conteúdo de acordo com o interesse do usuário, por exemplo.

0506_does_your_child_need_a_tablet_768x432_con_main

Otimização da “ansiedade intersticial”
Este termo é utilizado para expressar o sentimento do usuário durante o delay entre realizar uma ação e receber a resposta dela. Um clássico exemplo é a demora entre clicar num botão para ir para outra página e ela realmente abrir. Quando não resolvido, esse tipo de problema cria uma péssima experiência ao usuário e pode afastar tráfego do seu site. A tendência para o futuro é aproveitar esse momento para criar elementos de transição que aliviem a ansiedade e mostrem um preview da próxima página ou do resultado da ação, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia mais >