quarta-feira, agosto, 2016

Logos Olímpicos

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post

Com as Olimpíadas se encerrando aqui no Brasil e depois de algumas controvérsias sobre o logo do torneio no país, levantamos uma questão aqui no Portal Wacom: qual o melhor logo olímpico da era moderna até hoje?

1

Paris – 1924

O primeiro logo olímpico era um pouco confuso, com muitos elementos e sobreposições que dificultavam a leitura.

 

2

Los Angeles – 1932

Novamente um logo confuso, a sobreposição dos aros com a folha e o escudo americano criam um padrão de difícil compreensão. A tipografia acima parece totalmente a parte do logo. 3

3

Berlim – 1936

Um tanto confuso, pois transforma os aros olímpicos em meros acessórios da águia e do sino. O espírito olímpico não é visível.

4

Londres – 1948

Mais uma vez as imagens não combinam. O parlamento e os aros olímpicos estão totalmente desconexos e a tipografia é muito tradicional para tal evento.

5

Helsinki – 1952

A peculiaridade criada na relação entre os aros e a arquitetura é estranhamente memorável. O logo apresenta clareza e a combinação de cores é agradável.

6

Melbourne e Estocolmo – 1956

Parecida com um selo de editoria do que logo de Olimpíadas, muitos elementos estão envolvidos, deixando um pouco confuso. A atenção se divide entre a tocha, os aros, as folhas, o mapa do continente…

7

 

Roma – 1960

Combinando o símbolo de Roma com a data e os aros olímpicos em uma ilustração que remete uma escultura funcionou muito bem. É um logo forte e memorável.

8

Tóquio – 1964

Simples e minimalista, esse logo junta os principais elementos do torneio e do país sem confusão alguma.

9

México – 1968

A ideia é impactante, mas a execução cria um elemento ilegível onde o número 68 se junta com os aros olímpicos.

 

10Munique – 1972

Este logo elimina qualquer referência histórica das olimpíadas, uma vez que o elemento na parte de baixo da imagem era frequentemente usado sozinho. É uma forte abstração, mas poderia ser usado em qualquer evento, não há relação clara com as olimpíadas.

 

11

Montreal – 1976

Neste caso, os aros olímpicos se transformaram no M inicial do nome da cidade-sede. É difícil entender essa informação apenas com o logo. É um logo interessante, mas também falha em transmitir o espírito olímpico.

12

Moscou – 1980

A torre Russa por cima dos aros e com uma estrela na ponta cria uma imagem peculiar e não muito efetiva. A tipografia (usada ocasionalmente) não mostrava relação com a imagem.

13

Los Angeles – 1984

As estrelas em movimento são efetivas e surpreendentes. Os outros elementos não parecem tão deslocados.

14

Seoul – 1988

Apesar de ser uma imagem pouco familiar, existe um impacto e há relacão com os aros abaixo. Assim, a visualização inteira parece harmoniosa.

15

Barcelona – 1992

Simples e extremamente efetiva. Os três traços criam uma figura humana em movimento e tem relação direta com a tipografia e os aros.

16

Atlanta – 1996

Um dos melhores logos, o 100 cria a sensação de uma coluna grega que, suportada pelos aros, carrega a chama olímpica.

18

Sydney – 2000

O movimento no desenho e a harmonia com a tipografia fazem a imagem inteira funcionar, apesar dos aros estarem um tanto deslocados.

19

Atenas – 2004

O ramo de oliva representando os jogos é inesperado e significativo, remetendo à coroa de louros que os vencedores recebem. As cores remetem à cidade de Atenas e ao país.

20

Beijing – 2008

A figura humana em branco remete aos pincéis da caligrafia chinesa, conferindo o aspecto cultural da cidade ao logo. Os elementos se encaixam sem muita dificuldade, criando um logo forte e memorável.

200

Londres – 2012

Como toda transgressão, esse logo causa controvérsias. Como formas, não é muito atrativo, mas por conta de sua agressividade, ele é memorável.

21

Rio – 2016

Com uma apresentação contemporânea e original, as figuras humanas de mãos dadas dão harmonia ao desenho e remetem diretamente o espírito olímpico de forma sutil e clara. Há equilíbrio e os elementos se conversam. Sem dúvidas, um ótimo logo.

 

E então, qual o seu logo olímpico favorito? Responda nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Qual é a MINHA WACOM?

Pensando nas dúvidas e dificuldades de encontrar a Wacom ideal para as suas necessidades, criamos uma…

Leia mais >