sexta-feira, janeiro, 2016

Dicas para o design do cérebro humano

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post

Entender os princípios chave do processo natural do pensamento humano pode ser um grande aliado na hora de criar. O design que entende o modo como o cérebro humano processa as informações se torna relevante e eficaz, marcando a memória de seu público. Reunimos algumas dicas simples que irão ajudar seu processo de criação privilegiando alguns desses princípios que mencionamos acima.

Rostos atraem e guiam o olhar
Quando observamos uma peça artística, nosso olhar se volta quase que de forma automática para o rosto que aparece na arte. No exemplo abaixo, retirado do site 1stwebdesigner, podemos ver que, além de atrair o olhar do público, o rosto também guia nossa atenção para um local específico. Na primeira imagem, podemos ver o heat map (o “mapa de calor”) concentrado no rosto da moça apenas. Bastou mudar o foco do olhar dela que o mapa de calor também muda, guiando o nosso olhar para a direção que os olhos na imagem apontam, destacando o produto em questão.

Untitled

Nosso olhar é muito seletivo
Assista o vídeo abaixo:

Atenção seletiva é quando nosso cérebro e olhar foca em apenas um objeto, ignorando todo o entorno do mesmo. Sua atenção se volta completamente para um ponto, tornando todo o resto “invisível”. Aplicando ao design: se há algo que distrai o usuário na sua página, por exemplo, eles podem não estarem focados exatamente no que você queria.

Os olhos podem nos enganar!

A disposição de objetos pode confundir os olhos que irão enxergar “automaticamente” algo familiar a nós, mesmo que a imagem não seja exatamente aquilo. Algumas formas podem enriquecer o olhar pela arte ou confundir o cérebro e distraí-lo de outros pontos.

 

fonte: Invision App

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Qual é a MINHA WACOM?

Pensando nas dúvidas e dificuldades de encontrar a Wacom ideal para as suas necessidades, criamos uma…

Leia mais >