sexta-feira, maio, 2019

Cubismo

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post
Categoria:

O cubismo foi fundado em Paris, através do renomado artista espanhol Pablo Picasso e do francês Georges Braque. Eles foramfundamentais na fundação do movimento cubista. Ao contrário das tentativas expressivas de capturar as condições naturais no impressionismo e pós-impressionismo, o cubismo tratava de objetos planos, bidimensionais e distorcidos – sacrificando uma perspectiva precisa em favor da fragmentação surreal.

A arte cubista é considerada uma “arte mental”, onde cada aspecto da obra deve ser analisado e estudado de modo individual.


A obra de 1907 de Pablo Picasso – Les Demoiselles d’Avignon.

O nome veio de uma observação depreciativa do crítico de arte Louis Vauxcelles, que descreveu a obra de Braque de 1908, Houses at L’Estaque, como sendo “composta de cubos”. Mas foi Les Demoiselles d’Avignon de Picasso, pintado no ano anterior, que colocou as rodas em movimento, retratando cinco nus femininos como formas angulares e fraturadas.

Como Braque e Picasso continuaram a explorar como as formas abstratas poderiam ser usadas para definir objetos familiares, o período de 1910-1912 é frequentemente referido como Cubismo Analítico. Uma paleta distinta de castanho, marrom, cinza, creme, verde e azul prevaleceu, e temas comuns incluíam instrumentos musicais, garrafas, jornais e o corpo humano.


Obra de 1913 de Georges Braques – Woman with Guitar

Pós-1912, isso evoluiu para o Cubismo Sintético, onde múltiplas formas são combinadas dentro das obras de arte cada vez mais coloridas, que faziam uso de técnicas de colagem para explorar a textura. A linguagem visual definida por Braque e Picasso foi posteriormente adotada por muitos outros pintores, e também influenciou escultores e arquitetos como Le Corbusier.

No Brasil o Cubismo começou a ganhar destaque entre os artistas brasileiros somente depois da Semana de Arte Moderna. Muitos desses artistas foram influenciados pelo Cubismo, assim é possível encontrar traços das características cubistas nas obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Di Cavalcanti.

Obra da brasileira Tarsila do Amaral em 1923 – Caipirinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia mais >