segunda-feira, maio, 2016

Coisas sobre design que não aprendemos na escola

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post

O período da faculdade ou escola de design e artes pode ser a melhor época da sua vida. É quando você tem a oportunidade de se desenvolver como artista e, de alguma maneira, já prepara você para sua carreira, construindo seu portfolio. Ainda com toda a carga de conhecimento que absorvermos nesses períodos, algumas coisas só descobrimos ao começar a trabalhar na área e viver o dia-a-dia da profissão.

Pensando nisso, o site CreativeBloq reuniu alguns profissionais criativos bem sucedidos para comentar o quê eles não aprenderam na escola – e o que eles gostariam de ter aprendido naquela época.

 

  • Seu diploma não necessariamente te dará um emprego

“Apesar da tradição de um diploma, ele não é uma garantia de emprego. Provar que você é talentoso e produtivo através de um portfólio, ou demonstrando sua paixão e potencial ao empregador pode ser um fator mais decisivo que o certificado de um curso.”, diz a web designer canadense Janna Hagan.

 

  • Como usar softwares criativos

“Aprender a manusear ferramentas de criação como mesas digitalizadoras e softwares é algo que você tem que aprender sozinho pois não é ensinado nos cursos. Além disso, em faculdades e universidades às vezes você nem tem acesso a isso, então é importante dar atenção a isso. Saber usar essas ferramentas irá te ajudar muito quando você entrar no mercado e irá te diferenciar dos outros profissionais.” Conta o ilustrador e designer gráfico Jeffrey Bowman

 

  • Como encontrar seu nicho

“Uma das lições mais importantes que aprendi é encontrar meu nicho ao invés de tentar diversos estilos de uma vez só. Foi só quando eu me foquei em reunir minhas duas paixões – ilustração e natureza – que as coisas começaram a fluir para mim.” Conta Jonathan Woodward, ilustrador finalista do concurso da BBC Wildlife’s Artist of the Year 2011/2012

blo1

 

  • Como escolher sua carreira com cuidado

“Meu principal conselho para outros artistas é para que eles realmente pensem o tipo de trabalho que querem produzir. Realmente pensar nisso e criar um portfólio que reflita esses objetivos. Se você mostra experiência em um trabalho que não gosta de fazer, é esse trabalho que você receberá. Certifique-se que só está mostrando o seu melhor trabalho que você ama fazer.” Explica Jonathan Woodward.

blo2

2 thoughts on “Coisas sobre design que não aprendemos na escola

  1. Muito obrigado pelas dicas e parabéns pela matéria! Gosto muito do site da Wacom, que acompanho desde que adquiri meu tablet Intuos Pro Medium para trabalhos no ZBrush. Estou apaixonado por essa “dupla” e não há nada que eu deseje mais do que estar criando e trabalhando com ela. Só tenho que lhes agradecer! Valeu!

    Roque

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Qual é a MINHA WACOM?

Pensando nas dúvidas e dificuldades de encontrar a Wacom ideal para as suas necessidades, criamos uma…

Leia mais >