quinta-feira, dezembro, 2017

A importância da criatividade nas crianças

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post
Categoria:

A criatividade é um dos atributos mais apreciados em numerosos campos da vida, não só os artísticos. Está relacionada com a geração de ideias novas, apropriadas e de alta qualidade.

Serão as ideias de uma pessoa criativa que vão permitir que, ante qualquer tipo de problema, se consiga produzir respostas inovadoras e originais.

Por tanto, é importantíssimo exercitar, desde cedo, todas aquelas atividades que favoreçam este desenvolvimento.

Fomentar a criatividade nas crianças vai permitir-lhes aumentar a autoestima e a consciência de si mesmos, dando segurança para expressar seus sentimentos e emoções.

Inclusive, incentivar as crianças a serem mais expressivos e não esconder seus sentimentos fomenta a socialização, pois estes se tornam mais receptivos à convivência social.

Como desenvolver a criatividade nas crianças?

Desde as primeiras etapas de aprendizagem, as crianças começam a refletir sua criatividade por médio de atividades artísticas ou plásticas. Por isso, a arte é fundamental para que estes possam se expressar e para que desenvolvam seu pensamento.

Então permita que fluam, que pintem, criem, misturem cores, aprendam a reproduzir objetos, animais e pessoas ou simplesmente desenhem todo aquilo que sentem é o melhor caminho para desenvolver sua criatividade.

Pintando, os mais pequenos aprendem várias coisas fundamentais:

  • A diferenciar e conhecer as cores.
  • A conhecer texturas.
  • A divertir-se expressando sua criatividade.
  • A ter um hobby.

Aliás, é uma boa maneira de descobrir algo que lhes preocupa ou inquieta, já que costumam expressar suas inquietudes pelos desenhos.

Às vezes, as crianças começam a demonstrar suas emoções desenhando num papel, antes de verbaliza-las através da linguagem.

Por isso, é uma forma singela e prática de compreende-las e assim poder ajuda-los a se sentirem melhor.

Os desenhos podem proporcionar-nos muita informação sobre o estado de ânimo das crianças, por exemplo:

Quando pintam com muita intensidade e força, chegando inclusive a romper ou rasgar o papel sobre o que desenham, é que se estão desafogando frustrações e raiva no desenho.

Pelo contrário, se as linhas que utilizam em suas pinturas são difusas e frágeis, pode ser que estejam experimentando uma sensação de insegurança ou baixa autoestima.

Quando desenham com segurança e firmeza, realizando traços amplos, seguramente é reflexo de que se sente relaxados, com confiança em si mesmos e em seu meio.

Emocionalmente, desenhar costuma produzir-lhes uma grande satisfação, sobretudo ao dar-se conta das criações artísticas tão singulares e bonitas que são capazes de fazer. É importante que sejam elogiados por suas obras, reforçando desta forma sua autoestima.

Conclusão

A criatividade tem sido e é fundamental no progresso e bem-estar social. Fortalece-la é chave para encontrar soluções aos problemas que se nos apresentam a cada dia.

As crianças nascem com uma capacidade inata para criar e imaginar, e essa criatividade corre o perigo de se diluir com o passar dos anos se não estimularmos esta capacidade.

Os pais podem ajudar para que os filhos conservem sua criatividade natural. Para isso, devem estar conscientes de que esta qualidade é chave nas vidas e no futuro de seus filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Conheça a nova linha para profissionais criativos

Os últimos lançamentos da Wacom, a nova geração da Intuos Pro, Intuos Pro Paper Edition…

Leia mais >