sábado, junho, 2019

5 regras para escolher as palavras certas para botões

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas
Loading...
FavoriteLoadingFavoritar este Post
Categoria:

Texto traduzido e adaptado

O que seus botões dizem é tão importante quanto sua aparência. Usar as palavras erradas em seus botões causam confusão aos usuários, mais trabalho e lentidão. Se você deseja facilitar a ação dos usuários no seu aplicativo, é necessário escolher as palavras certas nas etiquetas dos seus botões.

Aqui estão cinco regras para ajudá-lo a escolher as palavras certas para tornar seus botões acionáveis. Siga estas cinco regras e seus usuários não terão problemas em realizar a ação correta no seu aplicativo sempre que virem um botão.

Regra 1: use verbos de ação

Seus rótulos de botão devem inspirar os usuários a agir com verbos de ação. Quando os usuários leem um verbo de ação, eles sabem o que o botão fará. Isso permite que eles tomem uma ação sem precisar ler nenhum texto de apoio, como o diálogo de confirmação.

Compare isso com rótulos genéricos de botões “sim / não” usados ​​com frequência em telas de confirmação. Os usuários precisam ler a caixa de diálogo antes de agir. Se eles pularem ou interpretarem mal a caixa de diálogo, eles pressionarão o botão errado. Isso não só torna a tomada de ação mais arriscada, mas também força os usuários a fazer mais trabalho.

Para ilustrar, o exemplo abaixo esconda a caixa de diálogo para que apenas os botões fiquem visíveis. Os rótulos de botão com verbos de ação permitem que os usuários executem ações, mas os botões que usam rótulos “Sim / Não” não fazem isso. Os rótulos de botão do verbo de ação são mais eficientes em tarefas.

Regra 2: Use dicção precisa

Cada verbo de ação que você usa tem uma conotação específica. Se a sua dicção não for precisa, os usuários podem interpretar mal o que o botão fará.

Por exemplo, as palavras “excluir” e “remover” têm significado semelhante, mas são diferentes em conotação. “Apagar” implica que o botão irá apagar o item do sistema. “Remover” implica que o botão irá separar o item de um grupo. Usar essas palavras no contexto errado pode causar preocupação aos usuários quando pressionam o botão.

Em uma playlist, o rótulo “excluir” faz com que os usuários pensem que perderão a música. Esta é a escolha errada da palavra, porque não é isso que acontece. O rótulo “remover” é mais preciso porque a ação retira a música da lista de reprodução, mas não a destrói.

Regra 3: Use o idioma específico da tarefa

Um rótulo de botão vago e genérico causa incerteza nos usuários. Eles não tem certeza do que o botão fará porque o rótulo não especifica. Os usuários precisam conhecer o resultado final de suas ações e apenas a linguagem específica da tarefa pode fazer isso.

Para ilustrar, a palavra “enviar” é um termo técnico que você pode usar para a maioria dos botões. Mas isso tornaria os rótulos dos botões vagos e genéricos. Quando os usuários o leem, não fica claro o que acontece porque o rótulo não é  específico da tarefa.

Em contraste, a palavra “post” é específica para publicação online. Como resultado, os usuários têm a impressão de que o aplicativo publicará seu conteúdo para o público depois de pressionar o botão. Este rótulo de botão é mais claro e dá aos usuários a certeza de agir.

Regra 4: Use o Formulário Imperativo Ativo

Muitas palavras em um rótulo de botão fazem com que os usuários leiam mais. Quando você usa o formulário imperativo em uma voz ativa, você minimiza o número de palavras e facilita a digitalização do rótulo do botão.

A forma imperativa ativa transforma frases verbais em comandos. Isso permite que você elimine o assunto e artigos desnecessários para tornar o rótulo do botão conciso. Tudo o que você precisa incluir no rótulo do botão é um verbo com um advérbio ou objeto direto.

Os usuários confiam nos comandos dos rótulos de botão mais. Dá a certeza de que o botão executará a ação pretendida, o que ajuda na tomada de decisões.

Ao usar o formulário imperativo ativo, evite verbos instrucionais que digam aos usuários como usar seu dispositivo. Um erro comum é usar “clique aqui” em um rótulo de botão. Isso não só torna o rótulo wordy, mas também é genérico e redundante para o usuário. Em vez disso, use verbos únicos e descreva a ação para dar aos usuários um incentivo para “clicar”.

Regra 5: Use a capitalização de estilo de sentença

O estilo de capitalização do rótulo do botão expressa o seu tom para os usuários. Tom não é o que você está dizendo, mas como você está dizendo isso. Isso cria uma reação emocional nos usuários que os envolvem ou repelem.

Uma capitalização no estilo de frase é melhor porque transmite um tom amigável que convida os usuários a pressionar seus botões. Os usuários estão mais familiarizados com o caso de sentença porque estão acostumados a ler sentenças. Quando eles lêem em seus botões, parece que alguém está falando com eles em uma voz natural.

Em contraste, a capitalização em estilo de título tem um tom mais formal. Um tom formal parece impessoal e faz com que seus botões sejam menos convidativos para pressionar. Faz com que os usuários se sintam como se alguém estivesse falando com eles em uma voz artificial. O título quebra o fluxo de leitura natural e distrai os usuários da mensagem subjacente.

Um estilo todo em maiúsculas não é bom porque transmite um tom alto. Os usuários sentem como se alguém estivesse gritando com eles para pressionar o botão. Não só isso, mas também tem menor legibilidade por causa da falta de formato de palavra. Isso torna menos acessível para usuários com dislexia.

Um estilo todo em minúsculas transmite um tom descuidado e preguiçoso em uma voz murmurante. Faz com que os usuários sintam que nenhum cuidado ou atenção foi colocado no rótulo do botão. Os usuários podem sentir falta de profissionalismo e não confiar no botão.

Ações falam tão alto quanto as palavras

Com etiquetas de botão, a ação fala tão alto quanto as palavras. Se você escolher as palavras erradas em seus rótulos de botão, a chamada à ação não terá importância.

As cinco regras garantirão que seus botões recebam alguma ação. Os usuários não terão mais incertezas ou confusão quando lerem seus botões. Em vez disso, os rótulos dos seus botões darão a eles clareza e motivação para realizar a ação correta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia mais >